Viagem : Cruzeiro de Formatura

Ano passado eu fiz duas viagens incríveis, uma foi minha primeira viagem pros EUA, que eu pretendo deixar por escrito aqui, mas não hoje, e a outra é sobre o que este post se trata: minha viagem de formatura.

Como eu já disse anteriormente, o ano passado foi meu “señior year” e mais ou menos nessa mesma data- um ano atrás- estavam começando todas as discussões sobre o que seria feito pra comemorar a saída do colégio. Sério, foram muitas discussões mesmo porque nós não tínhamos a capacidade de chegar a um acordo, uma parte da turma queria fazer um cruzeiro, uma parte queria ir pra Porto Seguro e a outra parte não queria nenhuma das duas.

 Essa divisão permaneceu até o fim do ano, mas eu estava decidida que queria fazer um cruzeiro, e junto com alguns colegas corremos atrás de tudo, e eu tenho que dizer nossa viagem foi perfeita do começo ao fim. Eu vou tentar contar o máximo de coisas sem perder nenhum detalhe e nem deixar o texto muito longo.

Nós fechamos com uma agencia local mais ou menos uns oito/nove meses antes pra poder parcelar e também pra garantir a viagem. Pelo fato da companhia ser estrangeira, tudo é pago em dólar, tanto dentro como fora do navio, e o que pagamos foi algo em torno de mil e quinhentos reais (sim, reais) por pessoa. ”Ahh, mas isso é caro” Não, não é caro, esse é mais ou menos o preço que cada um teria pago se tivéssemos feito uma festa, sem contar que são sete dias, com tudo incluso! As únicas coisas que não estão inclusas na viagem são as bebidas e as compras no free shop, as quais dá pra se viver sem.

Sobre a comida:

Tinham dois restaurantes dentro do navio em que eu viajei: o buffet e o a lá carte. Os dois já estão inclusos e dá pra comer quantas vezes quiser ou pedir tudo do cardápio. Só existe um porém, diferentemente do buffet, que fica aberto o dia todo, do começo da manha até quase de madrugada, o a lá carte abre pras refeições principais: café da manha, almoço e jantar, e pra poder atender todos os passageiros, existem turnos no jantar,os quais se quiser participar, deverá comparecer no horário deles ou a porta será fechada na sua cara (aconteceu comigo, duas vezes). Mas os pratos são tão bons, e bonitos,  que vale a pena jantar ás sete da noite.

10841649_733289363415883_2135376260_n10866941_733287843416035_1101441988_n



cruzeiro 218cruzeiro 214

Como a gente jantava as sete, meia noite já estávamos morrendo de fome, então nós simplesmente íamos até o buffet pra nossa pizza pré-balada!

Sobre o que fazer:

 Uma coisa que eu ouvi muito foi : “Que saco ter que ficar sete dias dentro de um navio só vendo água pra todo lado”. Será que deu pra ler ali em cima a palavra balada? É, exatamente. Se engana quem pensa que não existe nada pra fazer dentro de um navio, ou que não vai ter ninguém jovem lá. Existem diversas festas que realmente são voltadas pra pessoas mais velhas, mas, por favor, galera, lá dentro é praticamente um mundo, dá pra fazer qualquer coisa. Eles tem teatro, festas temáticas, mais de uma piscina, campo de mini golfe, academia e até um cassino!!!  Tinha tanta coisa pra fazer lá dentro que sempre que parávamos em alguma cidade a gente descia, ficava mais ou menos uma hora, e voltava pro navio.  Só pra vocês terem noção, nós fizemos aula de tango, ice buck challenge e um flash mob.

10872594_733287480082738_1802541853_n

P.s.: eu juro que procurei alguma foto decente nossa nas festas ou no teatro, mas infelizmente, elas não existem.

Sobre ser menor de idade:

Aqui existe um porém muito grande. Se você é menor de idade e pretende encher a cara num navio, vai ser legalmente impossível (eu disse legalmente). Todo passageiro a bordo de um navio da MSC (que foi o que eu fiz) recebe um cartão antes mesmo de embarcar, nele está toda sua vida dentro do cruzeiro, não dá pra comprar nada, nem entrar no próprio quarto sem ele, e se você é menor de idade vai vir escrito no cartão e nenhum funcionário irá te vender bebida alcoólica. Mas dá pra usar a cabeça e pensar em alguns jeitos de conseguir beber lá dentro, meus amigos eram quase todos menores de idade e conseguiram, só que eu não vou ser a má influencia aqui e contar como se faz, sorry : /

Sobre a viagem:

Existem vários pacotes com diferentes roteiros e destinos, pra dentro e fora do Brasil, os mais comuns são os de quatro dias que passam pelo Rio de Janeiro, Búzios e Ubatuba; ou Uruguai e Argentina; ou Cabo Frio, Ilha bela e Santos… Enfim são muitos. O meu foi um pouco mais longo, de sete dias/seis noites e passava por Salvador, Ilhéus e Búzios, com embarque e desembarque no Rio de Janeiro.  Eu acredito que esse compensa bem mais porque a diferença  de preço é bem pequena e é quase o dobro do tempo, mas algumas agencias me aconselharam de que os cruzeiros menores são os mais procurados por grupos de formatura, então existem mais chances de ter mais gente da nossa idade.

Coisas que eu amei e que ainda não foram mencionadas:

  Todos os funcionários são simplesmente incríveis, uma simpatia incomparável, eles fizeram de tudo com um sorriso no rosto do primeiro ao ultimo minuto, mesmo muitos deles nem falando português

10881459_733287973416022_658673194_n 10881459_733290296749123_2096837964_n

   Não existe sinal de telefone no meio do mar, então nada de pais telefonando a cada segundo, eu só ligava pra casa quando o navio estava próximo a costa, e o mesmo serve pra internet, então as pessoas interagem, se comunicam umas com as outras ao invés de ficarem vidradas nos celulares. Até dá pra usar a internet no meio do mar, mas é bem caro.

  Coisas que eu não amei mas não arruinaram minha viagem:

     Auto falantes: por segurança eles tem isso ate dentro dos quartos, e eles funcionam bem cedo em alguns dias, e servem pra dar instruções, boas vindas, pra avisar que chegamos a costa e essas coisas;

      Treinamento: no primeiro dia de navegação é feito um treinamento onde começa a tocar um alarme sem parar e todo mundo corre ate a área onde ficam os botes salva-vidas, é necessário mas não deixa de ser chato.

       Água salgada: Toda a água do navio é simplesmente água do mar dessalinizada, isso inclui a água do chuveiro e até a que é disponível para consumo, não vai te matar mas o gosto não é dos melhores. E ahh, nem toda água, a da piscina é completamente salgada.

      E por falar em piscina: antes de ir pro navio eu amei o fato de terem duas piscinas e duas hidromassagens, mas quando eu cheguei lá eu não fiquei mais tão feliz, a piscina adulta e a infantil são praticamente uma coisa só, então já viu né?! Sem contar que todos os quatro ambientes ficam lotados o dia todo, e apesar de esvaziarem, limparem e encherem as piscinas todas as noites, ás dez da manha elas já me pareciam nojentas de novo.

     Enjoos: Aquele navio balança pra caramba.

Mas nenhum desses detalhes em momento algum atrapalhou a viagem, todo mundo aproveitou muito e ninguém queria ir embora, assim que der eu vou com certeza fazer outro cruzeiro. E a todos que estão no ultimo ano, ou estão planejando uma viagem com amigos eu super recomendo, eu não sei se eu teria aproveitado tanto se tivesse ido com a minha família, mas com meus amigos eu curti demais, e pra uma viagem de formatura é perfeito porque comemoramos cada minuto juntos, essa viagem uniu bastante a gente já que estávamos no meio do mar, e eu tenho certeza que foi uma experiência ótima pra cada um de nós.

Só pra vocês terem a mínima ideia aqui vai um vídeo, feito por nós, melhor do que a própria propaganda da MSC.

Anúncios