Mudanças…

São tantas durante a vida: mudança de casa, de escola, de amizades….Conforme vamos crescendo aparecem as mudanças de cabelo, de comportamento, de personalidade. Mas nenhuma delas se comparar as decisões que nos cercam lá pelos vinte anos. Uma vez eu li um texto falando como essa era a época de maior reflexão da nossa vida, tudo que conhecemos como é acaba mudando, e nós mudamos junto, nós crescemos com essas experiêcias.

Quando o Ensino Médio acaba, temos aquele choque de que o mundo não vai mais ser do jeito que nós conhecemos, não vamos mais ver aquelas pessoas todos os dias, não vamos mais ter aquela rotina chata, não vamos ter mais as inúmeras ordens. E, por um breve momento, ficamos felizes que tudo aquilo finalmente vai acabar e vamos poder mandar nos nossos próprios narizes.

Mas depois de dois meses de liberdade, acabamos sentindo falta de ver aqueles mesmos rostos todos os dias, a ausência da rotina causa um vazio gigantesco na nossa vida e  acabamos por perceber que não sabemos como enfrentar o mundo sozinhos e que todas aquelas ordens eram muito mais fáceis do que tomar deciões… E eu não vou nem falar de como é dificil ter que escolher uma roupa pra cada dia da semana!

Mas perceber tudo isso não vai trazer de volta os nossos anos dourados de escola, e é nesse momento que a maioria das pessoa passa por um breakdown. Mas advinha?! Desistir da vida também não é uma opção, então somos obrigados a levantar da cama e começar a tirar do papel todos os planos que sempre imaginamos para o nosso futuro. E é nesse colapso que formamos nossa cabeça, amadurecemos por dentro.

Eu acreditava que escolher a faculdade em que eu iria cursar seria a única decisão dificil dessa fase da vida, mais uma vez eu estava errada. A faculdade foi só a primeira, e se quiserem saber, a mais simples delas. Porque a partir daí você percebe sua vida lotada de decisões e surpresas, algumas delas são somente testes pra saber se consiguiremos contirnuar, algumas outras tem consequências de curto prazo. Mas por fim você repara que as mais importantes são aquelas que te dão escolha entre dois ou mais caminhos, porque  não dá ver pra qual lugar cada um te levará, não dá escolher mais de um e defitivamente não dá pra voltar atrás e refazer sua escolha.

Eu passei por essa fase esse ano, e eu optei por mudar, troquei o certo pelo duvidoso, por deixar pra trás minha familia e amigos.. Tudo o que vier agora vai ser novo, e pode não ser a escolha mais certa, mas acredito que ese é o significado de viver: se arriscar, mudar tudo por um tempo, porque ninguém chegou a lugar nenhum sem sair da zona de conforto.

Essa é com certeza a maior decisão da minha vida até o momento, e com ela vieram muitas reflexões sobre o mundo a minha volta. E em cada uma delas eu escolhi a mim mesma, eu vou começar do zero, em um lugar novo, vou vivênciar todas as experiências possíveis, vou crescer com elas e vou tirar tudo da minha vida que me faz mal. Pode ser que isso me traga momentos dolorosos, mas eles não vão durar pra sempre e no fim eu sei que tudo vai valer a pena.

Essa é a minha sugestão pra todos que estão em duvida sobre o futuro: digam sim, deêm a louca uma vez na vida e agarrem as oportunidades, porque elas podem não parecer novamente. E não tenha medo de deixar sua vida pra trás, você sempre vai poder voltar pra casa, seus amigos de verdade sempre estarão lá pra te apoiar, e se seu amor não pode suportar mudanças então ele não é seu amor verdadeiro.

Pensem bem sobre cada decisão que tenham pra tomar, algumas realmente não valem o nosso sim, mas nunca deixe de fazer nada por medo de deixar sua zona de conforto, até porque ela sempre lá no mesmo lugar hahah Beijos e até a próxima!

 

 

 

 

Anúncios