#TOP3: Grifes Polemicas

Recentemente, a marca de roupas do Luciano Hulk, começou a enfrentar alguns problemas com uma polêmica camiseta que foi considerada como um estímulo a pedofilia. Pelo simples fato de apresentar crianças usando uma blusa com frases sugestivas:

20150304135016290206o

Mas a marca do apresentador não foi nem de longe a primeira a se envolver em escândalos, diversas marcas renomadas passaram pela mesma situação, dá uma olhada:

ZARA

A Zara é a líder em escândalos, de problemas com roupas á mão de obra escrava, ela sempre ta na boca da mídia. E no ano passado virou alvo, de novo, ao lançar uma blusa infantil listrada com uma estrela de seis pontas no canto esquerdo. Falando assim até parece inocente, mas se prestar atenção na foto vai perceber a blusa é uma cópia do uniforme usado pelos judeus nos campos de concentração durante a segunda guerra.

adnews-1043135491409163420500640259037a2576de8c5a8da0fd0f63a172699

URBAN OUTFITTERS 

A Urban passou por um caso parecido também no ano passado, quando lançaram uma linha de moletons universitários. Até ai tudo bem, o problema aparece nos agasalhos da Kent State University, que fazem menção ao incidente de 1970, quando quatro estudantes da universidade morreram ao protestarem contra a presença americana no Vietnã.

1410788770000-1410784763000-KSU-Urban-Outfitters

O moletom foi o único da coleção com uma estampa de vermelho meio desbotado e com manchas escuras que imitam sangue.

Abercrombie & Fitch

O caso da Abercrombie é um pouco diferente, o problema é que a marca foi questionada sobre a ausência de tamanhos maiores (XL e XXL), e o CEO da marca afirma que não há estoque desses produtos, simplesmente porque a marca não quer esse tipo de publico:  “Em toda escola existem as crianças legais e populares, e as não-tão-legais. Nós queremos as crianças legais. Nós vamos atrás da típica criança norte-americana com uma atitude ótima e um monte de amigos. Um monte de gente não ‘pertence’ (às nossas roupas) e nem podem pertencer. Somos exclusivistas? Absolutamente.”

AbercrombieFitch-567x337-300x178

A moda é um das melhores formas de se expressar, como cada um se veste independe de um conceito geral, mas os fabricantes, principalmente aqueles que trabalham em companhias de influencia estão cada vez mais, criando estereótipos e linhas de pensamento desumanas.

Com exceção da Abercrombie & Fitch, todas as marcas acima se desculparam pelo ocorrido e retiraram do mercado os produtos citados, mas elas não fizeram mais do que sua obrigação. Na minha opinião esses produtos não deviam nem ter chegado as lojas, pois fazem menção a acontecimentos que levaram pessoas inocentes a morte, e pra ser bem honesta até agora não acredito que alguém com cabeça pra liderar uma multimarca como a Abercrombie teve a indecência de falar uma besteira desse tamanho.Empresas como essas tem a obrigação de se preocuparem com os consumidores e não fazer pouco caso e ocasionar problemas aos mesmos.

Sugestão da Semana: REIGN

tumblr_my39tr4Ti21t22e3no1_500tumblr_my39tr4Ti21t22e3no3_500tumblr_my39tr4Ti21t22e3no2_500

Ahhh essa série…. essa série é uma das minhas paixões, eu já era louca por ela antes mesmo de estrear, e se vocês ainda não sabem do que eu estou falando, continuem lendo esse post, porque vai valer a pena.

Reign é uma das produções mais legais da CW, ela foi ao ar pela primeira vez em outubro de 2013, e é uma ficção histórica sobre a Rainha Mary da Escócia que ainda na adolescência é mandada pra se casar com o delfim da França. Bom pelo menos essa era a ideia.

Para contar um pouco da história sem dar spoilers, aqui vai um resumo de cada personagem:

Mary: Desde pequena, Mary é rainha da Escócia e noiva do príncipe Francis, logo no primeiro episódio, ela é enviada ao castelo, junto a suas quatro damas de companhia, que por sinal são suas melhores amigas. Mas mesmo com toda a segurança de um castelo, Mary sofre com intrigas, inimigos e forças obscuras.

large

Francis: É um jovem e ingenuo príncipe, que não parece disposto a lidar com casamento ou com os negócios reais, mas tudo muda quando ele se apaixona.

large (1)

Bash: O irmão mais velho e bastardo do príncipe Francis, é simplesmente apaixonante, e eu nãos sou a única com essa opinião.

large (3)

Henry: Um rei esperto e manipular, á beira da loucura.

large (13)

Catherine: Se uma série é boa, ela tem um personagem como a Queen Catherine, não dá pra só ama-la ou odiá-la, ela vem junto com um turbilhão de emoções. Pra todas as intrigas e ajudas, ela está lá.

large (12)

As damas de companhia: Kena, Lolla, Greer e Aylee, são lindas e verdadeiras amigas de Mary, mas são alvo fácil de todas as confusões, e decisões sensatas não são o forte delas. Kenna se torna amante do rei; o noivo de Lolla é morto na primeira oportunidade; Aylee não dura muito tempo no palácio e Greer entra pra um casamento que custa sua amizade.

large (11)

Reign foi muito bem programada em cada detalhe, mesmo em pleno século XVI, as roupas, maquiagens e festas não se distanciam da nossa realidade; todos os relacionamentos da série são cativantes, não dá pra ter um ship só; e pra melhorar a série ainda tem aquele “quê” de mistério que torna cada episódio imperdivel.

Quem gosta de The Tudors com certeza vai curtir essa série, ela é um pouco mais de minininha, mas eu já vicie todo mundo nela, inclusive amigos meus que são homens, porque apesar dos namoros e maquiagens, ela conta a historia de um jeito interessante e é muito incrivel.

A série já está na segunda temporada, eu não faço ideia de mais quantas temporadas serão renovadas, mas eu espero que sejam muitas, e ela chega no Brasil no segundo semestre desse ano, e super vale a pena acompanhar, apesar de que eu prefiro assistir em inglês porque aquele sotaque é de fazer qualquer um se derreter de amores.

Viagem : Cruzeiro de Formatura

Ano passado eu fiz duas viagens incríveis, uma foi minha primeira viagem pros EUA, que eu pretendo deixar por escrito aqui, mas não hoje, e a outra é sobre o que este post se trata: minha viagem de formatura.

Como eu já disse anteriormente, o ano passado foi meu “señior year” e mais ou menos nessa mesma data- um ano atrás- estavam começando todas as discussões sobre o que seria feito pra comemorar a saída do colégio. Sério, foram muitas discussões mesmo porque nós não tínhamos a capacidade de chegar a um acordo, uma parte da turma queria fazer um cruzeiro, uma parte queria ir pra Porto Seguro e a outra parte não queria nenhuma das duas.

 Essa divisão permaneceu até o fim do ano, mas eu estava decidida que queria fazer um cruzeiro, e junto com alguns colegas corremos atrás de tudo, e eu tenho que dizer nossa viagem foi perfeita do começo ao fim. Eu vou tentar contar o máximo de coisas sem perder nenhum detalhe e nem deixar o texto muito longo.

Nós fechamos com uma agencia local mais ou menos uns oito/nove meses antes pra poder parcelar e também pra garantir a viagem. Pelo fato da companhia ser estrangeira, tudo é pago em dólar, tanto dentro como fora do navio, e o que pagamos foi algo em torno de mil e quinhentos reais (sim, reais) por pessoa. ”Ahh, mas isso é caro” Não, não é caro, esse é mais ou menos o preço que cada um teria pago se tivéssemos feito uma festa, sem contar que são sete dias, com tudo incluso! As únicas coisas que não estão inclusas na viagem são as bebidas e as compras no free shop, as quais dá pra se viver sem.

Sobre a comida:

Tinham dois restaurantes dentro do navio em que eu viajei: o buffet e o a lá carte. Os dois já estão inclusos e dá pra comer quantas vezes quiser ou pedir tudo do cardápio. Só existe um porém, diferentemente do buffet, que fica aberto o dia todo, do começo da manha até quase de madrugada, o a lá carte abre pras refeições principais: café da manha, almoço e jantar, e pra poder atender todos os passageiros, existem turnos no jantar,os quais se quiser participar, deverá comparecer no horário deles ou a porta será fechada na sua cara (aconteceu comigo, duas vezes). Mas os pratos são tão bons, e bonitos,  que vale a pena jantar ás sete da noite.

10841649_733289363415883_2135376260_n10866941_733287843416035_1101441988_n



cruzeiro 218cruzeiro 214

Como a gente jantava as sete, meia noite já estávamos morrendo de fome, então nós simplesmente íamos até o buffet pra nossa pizza pré-balada!

Sobre o que fazer:

 Uma coisa que eu ouvi muito foi : “Que saco ter que ficar sete dias dentro de um navio só vendo água pra todo lado”. Será que deu pra ler ali em cima a palavra balada? É, exatamente. Se engana quem pensa que não existe nada pra fazer dentro de um navio, ou que não vai ter ninguém jovem lá. Existem diversas festas que realmente são voltadas pra pessoas mais velhas, mas, por favor, galera, lá dentro é praticamente um mundo, dá pra fazer qualquer coisa. Eles tem teatro, festas temáticas, mais de uma piscina, campo de mini golfe, academia e até um cassino!!!  Tinha tanta coisa pra fazer lá dentro que sempre que parávamos em alguma cidade a gente descia, ficava mais ou menos uma hora, e voltava pro navio.  Só pra vocês terem noção, nós fizemos aula de tango, ice buck challenge e um flash mob.

10872594_733287480082738_1802541853_n

P.s.: eu juro que procurei alguma foto decente nossa nas festas ou no teatro, mas infelizmente, elas não existem.

Sobre ser menor de idade:

Aqui existe um porém muito grande. Se você é menor de idade e pretende encher a cara num navio, vai ser legalmente impossível (eu disse legalmente). Todo passageiro a bordo de um navio da MSC (que foi o que eu fiz) recebe um cartão antes mesmo de embarcar, nele está toda sua vida dentro do cruzeiro, não dá pra comprar nada, nem entrar no próprio quarto sem ele, e se você é menor de idade vai vir escrito no cartão e nenhum funcionário irá te vender bebida alcoólica. Mas dá pra usar a cabeça e pensar em alguns jeitos de conseguir beber lá dentro, meus amigos eram quase todos menores de idade e conseguiram, só que eu não vou ser a má influencia aqui e contar como se faz, sorry : /

Sobre a viagem:

Existem vários pacotes com diferentes roteiros e destinos, pra dentro e fora do Brasil, os mais comuns são os de quatro dias que passam pelo Rio de Janeiro, Búzios e Ubatuba; ou Uruguai e Argentina; ou Cabo Frio, Ilha bela e Santos… Enfim são muitos. O meu foi um pouco mais longo, de sete dias/seis noites e passava por Salvador, Ilhéus e Búzios, com embarque e desembarque no Rio de Janeiro.  Eu acredito que esse compensa bem mais porque a diferença  de preço é bem pequena e é quase o dobro do tempo, mas algumas agencias me aconselharam de que os cruzeiros menores são os mais procurados por grupos de formatura, então existem mais chances de ter mais gente da nossa idade.

Coisas que eu amei e que ainda não foram mencionadas:

  Todos os funcionários são simplesmente incríveis, uma simpatia incomparável, eles fizeram de tudo com um sorriso no rosto do primeiro ao ultimo minuto, mesmo muitos deles nem falando português

10881459_733287973416022_658673194_n 10881459_733290296749123_2096837964_n

   Não existe sinal de telefone no meio do mar, então nada de pais telefonando a cada segundo, eu só ligava pra casa quando o navio estava próximo a costa, e o mesmo serve pra internet, então as pessoas interagem, se comunicam umas com as outras ao invés de ficarem vidradas nos celulares. Até dá pra usar a internet no meio do mar, mas é bem caro.

  Coisas que eu não amei mas não arruinaram minha viagem:

     Auto falantes: por segurança eles tem isso ate dentro dos quartos, e eles funcionam bem cedo em alguns dias, e servem pra dar instruções, boas vindas, pra avisar que chegamos a costa e essas coisas;

      Treinamento: no primeiro dia de navegação é feito um treinamento onde começa a tocar um alarme sem parar e todo mundo corre ate a área onde ficam os botes salva-vidas, é necessário mas não deixa de ser chato.

       Água salgada: Toda a água do navio é simplesmente água do mar dessalinizada, isso inclui a água do chuveiro e até a que é disponível para consumo, não vai te matar mas o gosto não é dos melhores. E ahh, nem toda água, a da piscina é completamente salgada.

      E por falar em piscina: antes de ir pro navio eu amei o fato de terem duas piscinas e duas hidromassagens, mas quando eu cheguei lá eu não fiquei mais tão feliz, a piscina adulta e a infantil são praticamente uma coisa só, então já viu né?! Sem contar que todos os quatro ambientes ficam lotados o dia todo, e apesar de esvaziarem, limparem e encherem as piscinas todas as noites, ás dez da manha elas já me pareciam nojentas de novo.

     Enjoos: Aquele navio balança pra caramba.

Mas nenhum desses detalhes em momento algum atrapalhou a viagem, todo mundo aproveitou muito e ninguém queria ir embora, assim que der eu vou com certeza fazer outro cruzeiro. E a todos que estão no ultimo ano, ou estão planejando uma viagem com amigos eu super recomendo, eu não sei se eu teria aproveitado tanto se tivesse ido com a minha família, mas com meus amigos eu curti demais, e pra uma viagem de formatura é perfeito porque comemoramos cada minuto juntos, essa viagem uniu bastante a gente já que estávamos no meio do mar, e eu tenho certeza que foi uma experiência ótima pra cada um de nós.

Só pra vocês terem a mínima ideia aqui vai um vídeo, feito por nós, melhor do que a própria propaganda da MSC.

#sobremim : Anhembi Morumbi e Design de Moda.

Ontem eu fui até São Paulo pra terminar meu processo de matrícula e poder trancar a minha faculdade. Acabei não conseguindo resolver nada do que eu pretendia, mas foi ótimo conhecer o campus, eu me apaixonei por tudo e vim contar um pouquinho pra vocês sobre a minha visita e sobre a minha opção de curso.

O ano passado eu estava no ultimo ano do colégio e bem em dúvida sobre o que eu queria fazer. Depois de muitas pesquisas sobre diversos cursos e até mesmo sobre a minha personalidade, eu decidi que queria fazer a faculdade de moda e comecei a pesquisar os melhores lugares onde eu poderia cursar e quais carreiras eu poderia seguir.

Eu me inscrevi pra alguns vestibulares e pro Enem (óbvio), e o primeiro de todos que eu realizei foi o da Anhembi Morumbi, que foi no fim de outubro. Eu fiz a prova num domingo e, se eu não me engano, dois dias depois eu recebi o resultado de que eu tinha entrado, aí eu parei de me importar com os outros vestibulares, não fiz mais nenhum, e também não dei muita bola pro enem. Provavelmente não foi uma decisão sábia, mas eu já estava tão satisfeita com a situação que paguei minha matricula naquela mesma semana.

Pra deixar bem claro, o vestibular da Anhembi não é difícil, é bem tranquilo na verdade, e eu já sabia disso antes de fazer porque todos os textos que eu li diziam a mesma coisa. Mas não é porque é fácil de entrar que é uma faculdade fraca, a Anhembi Morumbi é bem conceituada na área de moda, ela recebeu quatro estrelas pelo guia do estudante e apesar de nem ter começado ainda, ela já me cativou muito, principalmente em uma palestra em que eu participei que aconteceu na feira do estudante o ano passado.Na verdade, a feira do Guia do Estudante é uma ótima opção pra quem ainda está em duvida e até mesmo pra quem já decidiu o que fazer, porque lá pode se ter a oportunidade de conhecer algumas faculdades, seus cursos, assistir palestra, e até ganhar brindes das universidades.

Mas enfim, mesmo estando ligada a faculdade desde outubro, eu ainda não tinha ido visitar o campus de artes, que é onde tem o curso de moda, arquitetura, design etc. Ele fica no Morumbi e é incrível gente, tem a estrutura de uma fabrica antiga totalmente restaurada e algumas paredes possuem grafiti, sem contar que assim que você pisa dentro da faculdade, dá de cara com um Starbucks (*-*). Mas a parte que mais me encantou foram os estudantes, eles são tão estilosos que minha vontade era sair tirando fotos de todo mundo. Mas eu não fiz isso, eu também não tirei fotos da faculdade, infelizmente, porque eu não sabia se podia, e da ultima vez que eu visitei uma universidade e tirei fotos, meio que brigaram comigo, aí eu deixei pra lá.

Eu peguei essa foto no google tá?!
Eu peguei essa foto no google tá?!

Bom, agora que eu falei da minha faculdade, eu vou contar pra vocês um pouquinho do curso que eu escolhi. Diferentemente da maioria das faculdades a Anhembi dividiu o curso de moda entre Negócios de Moda e Design de Moda, eu escolhi Design de Moda, porque tem muito mais a ver comigo, eu sou uma pessoa prática que gosta de por a mão na massa, e apesar de ainda não ter escolhido a profissão exata que eu pretendo seguir , a parte de criação é a que mais me encanta e é basicamente o que um designer de moda faz, ele é responsável por criar roupas, tecidos, sapatos e acessórios e também por fazer o trabalho sair do papel, se tornar real. Ele ou ela, é o responsável pelas tendencias  que surgem e pelas coleções que ditam as estações de acordo com o público alvo, podendo também trabalhar na produção de desfiles e editoriais de catálogos e revistas.

tumblr_kuf89rHP011qatvxwo1_500

Quando eu estava procurando o que eu queria fazer na faculdade, eu pesquisei sobre pessoas que trabalham e amam a área, como também pessoas que acreditavam que esse era seu objetivo e que desistiram no meio do caminho, por que eu queria ter toda certeza de que o curso que determinaria todo o meu futuro, fosse realmente minha paixão. E o que eu descobri nessas pesquisas é que a maioria das pessoas que entram no ramo da moda e desistem, fazem pelas razões erradas. O que eu aprendi disso tudo:

1. A moda só é luxuosa quando o produto já esta na vitrine. Todo o processo pelo qual ele passa até chegar lá, na verdade não tem nada de luxuoso.

2. Pra fazer moda você não precisa saber desenhar, porque a faculdade ensina, porém você tem que ter vontade de aprender e gostar de desenhar, porque mesmo que você não escolha ser designer, você vai ter que desenhar e desenhar muito.

3. Com determinação se chega a qualquer lugar, mas não é porque está fazendo moda, que vai, com certeza, ser a próxima Coco Chanel ou qualquer coisa do tipo.

4. A faculdade de moda não vai te fazer uma blogueira famosa, se esse é o ramo que quer seguir, faça um curso de moda, de fotografia, de design, de escrita ou jornalismo…

Pra quem ainda tem muitas dúvidas sobre a faculdade três conselhos: PESQUISE, não se jogue de cara; FAÇA O QUE REALMENTE GOSTE, não faça por status ou pra ficar rico. Você pode escolher a profissão mais mal remunerada do mundo, se é o que gosta, fará bem feito e se destacará; DÊ TEMPO AO TEMPO, é muita responsabilidade escolher aos dezessete/dezoito anos uma carreira que decidirá sua vida toda, não tenha pressa, tire um tempo pra se descobrir e descobrir o que quer fazer, melhor perder um ano pra isso do que passar a vida toda insatisfeito.

Se vocês quiserem saber sobre outras faculdades, ou outros cursos, qualquer coisa, me perguntem, me peçam, eu tenho amigos estudando todo tipo de coisa : artes, arquitetura, direito, engenharia etc. E eu farei o possível pra ajudar.

  • Já comecei a faculdade de design de moda, e vocês podem conferir um pouquinho aqui

Sugestão da Semana : I Wanna Marry “Harry”

“Semana passada começaram a surgir boatos por todos os lugares, de um suposto relacionamento entre Emma Watson e o Príncipe Harry, três dias depois  a atriz negou tudo em seu twitter…”

Não, eu não estou tentando transformar meu blog em um diário de fofocas de celebridades, eu só achei que a notícia se encaixa perfeitamente bem como abertura pra minha sugestão da semana: I Wanna Marry “Harry”.

O reality show que acabou de estrear no E! foi lançado na verdade em maio do ano passado pela fox. Nele vinte meninas  foram convidadas á passar uma temporada em um palácio esperando serem cortejadas por ninguém menos do que o príncipe Harry.

rs_634x939-140416180911-634.I-Wanna-Marry-Harry.ms.041614

Se você já leu ao menos um dos livros da trilogia da Kiera Kress, A Seleção, você terá a sensação de estar assistindo a mesma historia. Só que diferentemente do livro, o reality show na verdade não é interpretado por um príncipe de verdade (no caso o Harry), e sim por Matthew Hicks, um sósia que consegue enganar muito bem todas as vinte meninas. Bom, pelo menos no começo, o que fez o programa ficar parecendo um jogos vorazes da barbie.

Mas, quando as desconfianças começam …

Bom, vocês vão ter que assistir pra descobrir.

#TopFive : Academy Awards Dresses

Já que ontem rolou o Academy Awards, vocês já sabem o motivo da minha aparição por aqui né?! #redcarpet manda lembranças.

Mas mesmo eu amando falar dos vestidos maravilhosos, que diferentes de mim tem a oportunidade de estar na premiação do ano, nesse post eu pedi que uma amiga minha muito especial e muito sábia também deixasse por aqui a opinião dela sobre a noite de ontem. E eu espero que vocês gostem como eu gostei…

5– Reese Witerspoon

Tom Ford
Tom Ford

Simples, apesar da pouca ousadia na hora de escolher o vestido, caiu bem e ficou elegante. Só não gostei do cabelo, informal e sem graça.

4 – Felicity Jones

Alexander McQueen
Alexander McQueen

Soube se vestir a altura da premiação e de sua indicação a melhor atriz. O vestido de princesa ficou jovial e combinou com a Felicity. Eu apenas mudaria a cor, que não valorizou muito.

3 – Rosamund Pike

Givenchy
Givenchy

A Rosamund foi outra que soube aproveitar seu momento de primeira indicação ao Oscar. A atriz, que não costuma acertar, conseguiu chamar atenção tanto pela cor maravilhosa do vestido, como pela textura e modelo muito interessantes.

2 – Zoe Saldana

Atelier Versace
Atelier Versace

Alguém pode me explicar porque ninguém falou nada da Zoe?!?! Quero dizer, não a vi nenhum site a apontado como estando nas mais bem vestidas, o que é totalmente injusto. Eu não consegui desgostar de absolutamente nada. Até a cor sem graça ficou muito bem nela.

1 – Cate Blanchett

670
Margiela

Minimalista, a produção toda ficou maravilhosa na Cate. Me faz pensar “quero ser igual a ela quando crescer”. E como os meus preferidos são completamente diferentes um do outro achei justo que ela dividisse o primeiro lugar com:

Emma Stone :

Elie Saab
Elie Saab

UAU. Não sei exatamente o porquê, mas o visual completo me faz lembrar do estilo flapper dos anos 20 (talvez a textura do vestido) Ficou elegante na medida certa e caiu super bem na atriz, que acertou mais uma vez.

Jéssica Thomaz.

Bom, eu tinha falado pra Jess que colocaria aqui o meu #topfive também, mas o dela está tão incrível que eu não acho necessário fazer mais um. Mas pra deixar uma palinha pra vocês aqui estão, sem ordem, três vestidos que eu gostei muito:

Jamie Chung de Yanina Couture
Jamie Chung de Yanina Couture
Anna Kendrick de Thakoon
Anna Kendrick de Thakoon
Jenna Dewan-Tatum veste Zuhair Murad
Jenna Dewan-Tatum veste Zuhair Murad

Triangl Swimwear : meu “biquini de quinhentos reais”

TILLY SUNBURST
TILLY SUNBURST

Eu venho pensando em fazer esse post desde que criei o blog, porque esse biquíni me conquistou no momento em que eu vi a primeira foto dele (sério!), só que eu não fazia ideia de onde ele tinha saído, porque ele era tão bonito e todo o resto…  Pra resumir, eu demorei muito pra descobrir tudo sobre ele, porque as fontes são bem escassas, e como eu tenho certeza que devem ter outras garotas na mesma situação, eu resolvi escrever sobre ele e dividir minhas profundas experiências de amor com o Triangl biquíni.

BAMBI - SUGAR PLUM
BAMBI – SUGAR PLUM

Bom pra começar essa marca maravilhosa só podia ser australiana e o diferencial deles é incrível. Primeiramente os biquínis, todos eles, são feitos de Neoprene, que é aquele tecido usado em roupa de surf e como de surf a Austrália entende, essa ideia só podia ter sido um sucesso.

038

Mas não foi só o tecido que fez vitimas pelo mundo todo, as cores deles são incríveis, uma mais bonita que a outra, em tons de neon pastel.

CALIFORNIA CORAL
CALIFORNIA CORAL

E se a primeira coleção deles já foi um sucesso, a mistura de cores dos novos modelos não podia ser nada menos do que perfeita.

LILLY - BLUEBERRY BURST
LILLY – BLUEBERRY BURST
large
POPPY – PEACH SODA

 Depois dessas fotos e desses nomes super criativos eu sei que todas vocês estão morrendo de vontade de ter um, e como eu tenho um e tive alguns problemas nesse processo, eu decidi fazer  um vídeo, meu primeiríssimo vídeo, contando TUDO pra vocês.

 Bom, foi isso, eu me enrolei um pouco no video, mas foi o primeiro e espero que vocês tenham gostado mesmo assim, e se gostaram do biquíni e quiserem conferir o site ele está aqui >> triangl << e como eu prometi no vídeo, a cor do meu é Miami Mint e o modelo é basicamente  esse daqui:

032 039

#TopFive : Grammy Dresses

Eu sei que esse é meu terceiro post em menos de dois dias, mas dãã ontem rolou o Grammy, eu simplesmente não podia deixar pra lá. Eu sou do tipo que não perde nenhum evento que envolva redcarpet, como eu ia deixar a maior premiação do mundo da música de fora do meu blog? não ia né?!

E a noite de ontem valeu muito a pena. Quem assistiu pode ver o lindo do Ed Sheeran cantar ao lado de John Mayer; Beyoncé levar seu vigésimo premio pra casa; e Sam Smith desbancar todo mundo e terminar a noite com quatro grammys.

"Well, thanks to the guy who broke my heart, you've got me four grammys."
“Well, thanks to the guy who broke my heart, you’ve got me four grammys.”

Mas apesar de tudo ter sido incrível, eu não estou aqui pra falar das estatuetas ou daquelas apresentações maravilhosas. O que mais me chama atenção nas premiações são nada mais nada menos do que os looks escolhidos, e os da noite passada arrasaram. Sério, ver Miley Cyrus, Nicki Minaj e Lady Gaga sem todo aquele carnaval que as acompanha, me deixou realmente pasma. Mas como não dá pra falar de todos, aqui vai o meu Top Five :

5. Taylor Swift.

Taylor veste Elie Saab
Taylor veste Elie Saab

Até agora eu não fui capaz de descobrir o que me chamou tanto a atenção na roupa dela, mas eu amei. Não foi o meu favorito da noite e nem o look mais bonito que ela já usou, mas vale o quinto lugar.

4. Ariana Grande

IMG_2944

Eu tenho que admitir que a escolha dela pro tapete vermelho não me agradou nem um pouco, mas em compensação, o vestido da performance de “Just a Little Bit of Your Heart” me deixou boquiaberta.

3. Jessie J

Processed with Rookie
Ralph & Russo.

Eu amei Tudo nesse vestido, ponto final.

2. Gwen Stefani

Versace
Gwen  de Versace

O vestido da Gwen, foi o que mais me cativou. O vermelho vibrante, a fenda até o quadril e todos os detalhes levaram toda a minha atenção pra ela durante a apresentação de “My Heart Is Broken”.

1. Pharrell Williams

Processed with Rookie

Ta, eu sei que esse é um Top dresses, mas o Pharrell merece meu primeiro lugar, porque ele é sempre muito estiloso,e mesmo o guarda roupa masculino sendo tão limitado, ele conseguiu inovar completamente e aparecer no tapete vermelho com uma roupa que simplesmente muda de cor com os flashs. Não é incrivel?!

Bom eu queria poder ter falado de todos os looks, porque tinham tinham outros que mereciam ser comentados, mas já que não deu, espero que vocês tenham curtido meus escolhidos e se discordam de mim, comentem quais foram os looks preferidos de vocês.

#sobremim : introducing me

superthumb

        Se você leu meu primeiro post e ainda está aqui significa que seremos bons amigos. E provavelmente pode perceber que eu não me apresentei que é o que uma pessoa normal teria feito antes de tudo, mas antes tarde do que nunca né?!

 Pra quem não me conhece eu tenho dezenove anos nasci em São Paulo e fui criada em alguns lugares do Rio de Janeiro. Terminei o ensino médio ano passado (meio atrasada, mas motivos à parte) e alguns meses antes de me formar eu fui aceita em Design de Moda na Anhembi Morumbi, mas eu tranquei a faculdade por motivos que vocês descobrirão futuramente se acompanharem meu blog…

Meus amigos costumam me lembrar, constantemente, de que o mundo ‘não gira ao meu redor’, mas aqui ele gira, e minha intenção é trazer pra cá tudo que eu mais gosto e todas as novidades que surgirem, me agradarem e que eu acho que irão agradar a vocês também. E como eu sou o clichê em pessoa não vai ser difícil encontrar posts com os quais vocês se identifiquem.

Bom, esse é só o comecinho da minha jornada. Sintam-se bem vindos a se juntarem a mim e se tornarem parte desse meu pequeno mundinho.

Cala a boca e escuta: Girls do not dress for boys

tumblr_ng4x7adjMP1rzs2lno1_1280

Às três e meia da manhã, estava eu, sem nada de sono, quebrando minha cachola pra descobrir sobre o que escrever neste primeiro post. Então, vadiando pelo meu computador eu achei essa foto, e pensei: Por que não?!
Toda garota já ouviu pelo menos uma vez “seu short esta curto demais” ou “essa roupa não é apropriada” ou pior. Acontece que apesar de o século XXI ser bem mais liberal, a sociedade ainda mantem padrões bem antiquados, principalmente em relação ao comportamento feminino.

   Eu sou fã de um short curto. E não, eu não uso pra ficar sexy ou pra chamar a atenção quando saio na rua, e dói meu ouvido quando eu tenho que escutar que estou pedindo pra ser estuprada. Eu uso shorts curtos e minissaias por um simples motivo: EU GOSTO! É meu estilo, é como eu e diversas outras garotas gostamos de nos vestir. E não é um crime, não é um apelo, é liberdade, ou pelo menos deveria ser.

      Usar o guarda roupa feminino como uma desculpa para o comportamento de homens sem o mínimo de respeito, é ridículo. Em países onde as mulheres são proibidas de mostrar até mesmo o rosto existem enormes índices de estupros.

A essa altura, quem estiver lendo isso provavelmente deve estar se perguntando: Por que ela decidiu escrever isso logo como cartão de boas-vindas de seu blog?
Bem, por uma simples razão: Essa sou eu, e eu não aguento mais ter que explicar o tempo todo porque meu short é tão curto.Por que a sociedade aceita que os homens andem sem camisa e com as calças caindo, mas não consegue aceitar que as mulheres usem roupas curtas em um país extremamente quente?
Eu não me visto pra ninguém. Nem pra homens, nem pra mulheres, nem pra minha mãe. Então se pararem de me olhar dos pés a cabeça toda vez que eu saio na rua e começarem a olhar por onde pisam ou pras suas próprias roupas, tenho certeza que se sentirão bem menos incomodados.